“Imprimir” órgãos em uma impressora? Parece ficção científica...

Portal no Facebook Portal no Twitter Portal no YouTube Blog do Portal Portal nas Redes Sociais

Empresas Amigas da 3a Idade - Outras colunas

Portal Terceira Idade
Notícias do Cidadão Notícias do Cidadão Espaço Livre Espaço Livre Shows e Eventos Shows e Eventos Cursos e Atividades Cursos e Atividades Parcerias Parcerias Direitos 3a.Idade Direitos 3a.Idade

Diálogo Aberto

Enquete "Você acha
que...?"
Enquete
Cadastre-se Cadastre-se
no Portal
3a.Idade!
Busca Procurando
algo no site?
Busca
Pesquisa Links para
Pesquisa
Mural de Trocas Anuncie
seu produto!
Mural
de Trocas
Fale Conosco Dúvidas?
Sugestões?
Críticas?

Fale
Conosco
Dicas de Internet "Download"?
"Browser"?
Dicas
de Internet

Colméias da 3a.Idade
Colméias da 3a.Idade
Escolha o seu assunto e participe de nossas salas de chat temáticas

Diálogo Aberto
Diálogo Aberto
Saúde e Equilíbrio

Saúde - Novas tecnologias
“Imprimir” órgãos em uma impressora? Parece ficção científica...
Um dos grandes avanços da ciência é o uso de impressoras 3D, que, além de “imprimir” ferramentas, roupas, e até uma casa inteira, estão sendo usadas na medicina para fabricar órgãos humanos
Por: Anisia Spezia
Coordenadora de Cuidadores Voluntários do Portal Terceira Idade
Fale com o colunistaFale com o colunista
Fale com o colunista
Prótese de mão produzida em uma impressora 3D

Foto mostra prótese de mão produzida em uma impressora 3D

ntes da invenção da penicilina, em 1928, pouca gente poderia imaginar que, futuramente, doenças como pneumonia e tuberculose deixariam de ser fatais, graças aos antibióticos. Da mesma forma, era difícil acreditar na possibilidade de ver órgãos por dentro e até mesmo saber o sexo do bebê ainda na barriga da mãe, antes da descoberta dos exames de imagem.

“Imprimindo” órgãos em uma impressora

Impressora 3D imprimindo um coração artificialAtualmente, um dos grandes avanços da medicina é o uso da impressora 3D (em 3 dimensões). No entanto, para muita gente esse avanço científico parece distante e inacessível. Não é bem assim. “Hoje, esse é um recurso bem mais próximo. Mas a tecnologia ainda é um pouco complexa, demanda do médico conhecimentos de informática, desenho em 3 dimensões, uso de diferentes softwares, entre outros”, detalha Joel Augusto Teixeira, neurocirurgião do Hospital CEMA, em São Paulo.

O médico explica que a chegada da impressora 3D nos consultórios e centros cirúrgicos é um avanço importante, principalmente, por dar mais precisão no diagnóstico e nas cirurgias. “Os exames de imagem utilizados hoje são apresentados em 2 dimensões de cada vez. Isso significa que o médico tem que criar na mente a visão de como é o órgão em 3 dimensões. Por melhor que seja o raciocínio, muitos dados ficam faltando, a análise fica incompleta”, afirma ele.

Simulando a cirurgia em um modelo virtual

No entanto, com a impressão 3D, é possível visualizar o órgão analisado como um todo. “Por exemplo, no caso da coluna, podemos pegá-la com as mãos para ver o lado que quisermos. Isso permite um melhor entendimento do órgão como um todo e a possibilidade de simular cirurgias no modelo impresso, preparando-se para a cirurgia real com um entendimento muito melhor”, diz.

O uso da impressão 3D em diagnósticos e também como simuladores de procedimentos cirúrgicos já é uma realidade. A tendência é de que o recurso seja utilizado cada vez mais. Essa nova tecnologia é importante também porque permite que estudantes e pesquisadores tenham acesso a modelos anatômicos, além de possibilitar a impressão de próteses de baixo custo. “Estamos começando a gerar arcabouços para implante de células-tronco e estruturas para implantes, como disco intervertebral, cartilagens de nariz, etc”, explica o especialista.

“Zerando” a fila de transplantes

Para que seja possível imprimir órgãos inteiros ainda são necessárias muitas pesquisas, mas já existem protótipos, como do Instituto de Medicina Regenerativa da Universidade Wake Foreste, nos Estados Unidos, que desenvolveu o protótipo de um rim com células e biomaterial.

A utilização da impressão 3D para esse fim é possível, pois, ao invés dos materiais comumente utilizados atualmente, como resina e metal, os especialistas usam células vivas na impressão (biotinta). Isso pode promover uma nova revolução na medicina, na medida em que permitirá diminuir – e até zerar – a fila de transplantes. Em dado momento, o uso das impressoras 3D será como a nova penicilina na história da medicina. É esperar para ver.

Em busca de aprimoramento contínuo

Hospital CEMAReferência no atendimento especializado de olhos, ouvidos, nariz e garganta há mais de 40 anos, o Hospital CEMA atende os mais variados planos de saúde e clientes particulares. O Hospital mantém a unidade e o pronto-atendimento funcionando 24 horas, 7 dias por semana. Possui ainda clínicas de especialidades complementares em cardiologia, neurologia (dor), fonoaudiologia, medicina do sono, disfunção temporomandibular, cirurgia plástica estética, orientação nutricional, odontologia e ortodontia, com atendimento exclusivo com hora marcada, além de unidades ambulatoriais em todas as regiões de São Paulo, em São Bernardo do Campo, no ABC, e Guarulhos (visite o site no link abaixo, em “mais sobre o assunto”).

Fotos: divulgação
Mais sobre o assunto na internet
Estadão > Brasil > Blogs > Vencer Limites > Pessoas com deficiência
Empresa brasileira faz prótese em impressora 3D com plástico ecológico
Companhia produziu mão mecânica usando polímero feito a partir do amido de milho e beterraba. Personalização do projeto e preço acessível do equipamento são diferenciais.
Hospital CEMA
Referência no tratamento de olhos, ouvidos, nariz e garganta
Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Especialidades Complementares, entre outras
Mais sobre o assunto no Portal Terceira Idade
Notícias > Anteriores > Cidadania - Saúde: exemplo
Governo holandês cria programa “Tudo é saúde”
Segundo o cônsul de Inovação, Tecnologia e Ciência da Holanda em São Paulo, tudo em seu país é pensado para atingir uma vida saudável e que leve a um envelhecimento ativo e com qualidade de vida
Notícias > Anteriores > Alimentação - Pesquisa
Vacas “vitaminadas” produzem um novo tipo de leite, mais saudável para idosos
Estudo realizado com grupo de idosos de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, mostrou que o leite fortificado através da ração dos animais melhorou consideravelmente a saúde dos participantes da pesquisa

Apoio Cultural/b>

Fran´s Café
Fran´s Café
Mais de 150 lojas servindo café desde 1992

Outras Colunas

Diabetes e Hipertensão
Pesquisa
Informação e mudança de hábitos ajudam a lidar melhor com doenças crônicas como diabetes e hipertensão
Estudo mostra que 59% das pessoas tem na melhoria dos hábitos a principal chave para sentir-se no domínio de sua saúde. O Portal Terceira Idade esteve presente ao evento de apresentação dos resultados da pesquisa
Especial
#Depressão
VamosConversar
Acupuntura
Acupunturista explica como a terapia chinesa pode tratar a depressão
Em entrevista exclusiva, o Dr. Márcio De Luna fala sobre o desconhecimento acerca das possibilidades terapêuticas da acupuntura e seus resultados quando utilizada no tratamento do transtorno depressivo
Acupuntura
Calor excessivo
Calor demais por muito tempo leva a inflamações e alterações circulatórias graves
AVCs, trombose venosa profunda, isquemias e hemorragias são alguns dos problemas circulatórios graves que podem afetar as pessoas nas altas temperaturas prolongadas
Neurologia
Estimulação
cognitiva
‘Estação Ativamente’ ajuda a estimulação mental e física de idosos
Utilizando jogos computadorizados de alta tecnologia adaptados para a terceira idade, as atividades do projeto proporcionam maior interação social, maior independência e autonomia e prevenção de declínio funcional e da memória
Gerontologia
Entrevista
Envelhecimento da população abre espaços para atuação do gerontólogo
Em entrevista realizada pela Universidade de São Paulo (USP), a gerontóloga Eva Bettine, coordenadora do Canal Alzheimer do Portal Terceira Idade, fala sobre os desafios da área no Brasil
Saúde
Audição
Você assiste televisão com o volume muito alto? Tem dificuldade em acompanhar conversas em grupo? Finge que entendeu o que foi conversado?
Se você respondeu sim a estas perguntas, você pode estar com algum sintoma de perda de audição. Para ajudar as pessoas a identificarem o problema, especialistas da rede Direito de Ouvir desenvolveram um teste com 10 perguntas bem simples. Confira
Saúde
Superbactérias
Estudo realizado nos Estados Unidos revela que 1 em cada 4 idosos tem uma superbactéria na mão após internação hospitalar
O alto nível de superbactérias nas mãos do paciente aumenta a chance de transmissão a outros pacientes frágeis e, também, aos profissionais de saúde. Depois da hospitalização, parte dos idosos carrega as bactérias para outros lugares
Saúde
Acupuntura
Como o verão pode nos afetar, mental e fisicamente, especialmente na 3ª Idade
Altas temperaturas predispõem à formação de cálculos renais, desidratação, desorientação e alterações cognitivas (sem motivos aparentes no idoso), inflamações, alteração de pressão, insônia... Conheça os cuidados que devemos tomar nessa época do ano
Saúde
Socialização
Maturidade é tempo de novos limites, tempo de se redescobrir...
Projeto ‘Permitir-se - Encontros com a Melhor Idade’ possibilita reflexão, interação, alegria e descontração, através de oficinas de memória, expressão corporal adaptada à idade, socialização, contação de estórias, atividades e jogos de criatividade
Saúde
Dia Mundial do Rim
No dia 9 de março, vários países, entre eles, o Brasil, celebram o Dia Mundial do Rim
O tema deste ano é “Doença Renal e Obesidade”. O Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, será iluminado com as cores azul e vermelho, chamando a atenção para a Doença Renal Crônica (DRC), que atinge um em cada dez adultos no mundo
Saúde
Atividade física
Diferente da musculação, treinamento funcional oferece aulas mais dinâmicas, desafiadoras e divertidas
A técnica, essencial para o dia a dia de atletas, adultos sedentários ou idosos, utiliza materiais diversos, como bolas e elásticos, exercitando todos os músculos de forma integrada
Saúde
Deficiência
intelectual
Tratamento precoce aumenta a expectativa de vida de pessoas com deficiência intelectual
Uma oficina de música, desenvolvida pela APAE de São Paulo, mostra como pessoas com deficiência intelectual adultas em processo de envelhecimento participam das atividades com a alegria e prazer
Arteterapia
A arteterapia aplicada à doença de Alzheimer
Recursos artísticos estimulam o cérebro e auxiliam a atenção e concentração, incentivam a criatividade, auxiliam na percepção e estímulo visuoespacial e melhoram a autoestima

Portal Terceira Idade® é uma realização da
Associação Cultural Cidadão Brasil
©Todos os direitos reservados
Desenvolvimento, Webdesign e Sistemas: Auika - Web & Graphic Design