Clique na imagem para iniciar o vídeo.
Entrevista com o Dr. Guilherme Genta, concedida ao Portal Terceira Idade em maio de 2011 (20'33'')

Portal Terceira Idade - home Prefeitura da Cidade de São Paulo Telecentros - Prefeitura de São Paulo
Notícias do Cidadão Notícias do Cidadão Espaço Livre Espaço Livre Shows e Eventos Shows e Eventos Cursos e Atividades Cursos e Atividades Parcerias Parcerias Direitos 3a.Idade Direitos 3a.Idade

Diálogo Aberto

Enquete "Você acha
que...?"
Enquete
Cadastre-se Cadastre-se
no Portal
3a.Idade!
Busca Procurando
algo no site?
Busca
Pesquisa Links para
Pesquisa
Mural de Trocas Anuncie
seu produto!
Mural
de Trocas
Fale Conosco Dúvidas?
Sugestões?
Críticas?

Fale
Conosco
Dicas de Internet "Download"?
"Browser"?
Dicas
de Internet

Colméias da 3a.Idade
Colméias da 3a.Idade
Escolha o seu assunto e participe de nossas salas de chat temáticas

Notícias do Cidadão
Notícias do Cidadão

Anteriores: 15/06/2011
“A medicina preventiva deveria ser regra, e não exceção. Devemos cuidar da saúde e não da doença!”
A afirmação é do geriatra e professor Dr. Guilherme Genta, em entrevista exclusiva ao Portal Terceira Idade
vídeo disponível Vídeo disponível (clique no centro da imagem para iniciar o vídeo)
Por: Tony Bernstein
Coordenadora Geral do Portal Terceira Idade, Pedagoga e Jornalista
Fale com o colunistaFale com o colunista
Fale com o colunista
uando devemos começar a procurar um geriatra? Quando passamos dos 60 ou 70 anos, ou quando já estamos próximos dos 90? Na opinião do Dr. Guilherme Genta, devemos começar a pensar no assunto logo a partir dos 30.

Em entrevista exclusiva ao Portal Terceira Idade, o Dr. Guilherme, geriatra, conta como a geriatria começou no Brasil e fala sobre a importância desta especialidade no país.

Clínico Geral, especializou-se em Geriatria no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, local onde os primeiros estudos sobre a área tiveram início com o Prof. Morigushi que, a convite do reitor da PUC, veio do Japão em 1979 especialmente para lecionar geriatria, disciplina inexistente na época no Brasil.

Para o Dr. Guilherme, apesar de a tendência na medicina, atualmente, ser a especialização, ele sempre se sentiu incomodado em ter que se limitar a uma área específica, preferindo atuar como clínico geral. “Mas, de todas as especializações, a área de atuação mais encantadora é, com certeza, a geriatria”, enfatiza.

“Assim como uma criança não pode ser considerada um adulto pequeno, o idoso também não pode ser considerado um adulto diferente. Ele passa por um processo de envelhecimento onde o processo fisiológico é diferente. Por isso, as pessoas têm dificuldade de entender o porquê de procurar um geriatra. Até os 75 anos, as coisas são muito parecidas entre o idoso e o adulto jovem, mas, a partir desse momento, a diferença torna-se muito gritante e aí é que os problemas começam a se complicar”, afirma.

Segundo o Prof. Moriguchi, a prática da medicina preventiva é padrão em seu país, o que não acontece no Brasil. Assim como se faz o acompanhamento da criança, desde recém-nascida, para o seu melhor desenvolvimento, deveria se aplicar o mesmo tipo de medicina para quem está envelhecendo. “No futuro, esperamos que isso deixe de ser exceção e passe a ser regra. Devemos cuidar da saúde e não da doença!”, conclui.

Assista à entrevista completa clicando no vídeo acima.

Vídeo: TV Portal Terceira Idade
Mais sobre o assunto, na internet
Se desejar entrar em contato com o Dr. Guilherme Genta, utilize o e-mail:
guilhermegenta@gmail.com
Hospital Moinhos de Vento
Núcleo de Geriatria e Gerontologia

http://www.hospitalmoinhos.org.br/content/especialidades/apresentacao-especialidade.aspx?id=107
Mais sobre o assunto, no Portal Terceira Idade
Notícias > Notícias Anteriores (01/01/2011)
Brasil tem um geriatra para cada cinco mil idosos
De acordo com a Sociedade Brasileira de Geriatria, o recomendável seria um para cada mil
Diálogo Aberto > Saúde e Equilíbrio > Anteriores > Saúde/Envelhecimento (01/04/2011)
Cuidados para os jovens que querem ser idosos saudáveis e felizes
O envelhecimento é fisiológico e natural e precisamos aprender a entendê-lo, o que não pode acontecer é o envelhecimento e empobrecimento de espírito

Outras Notícias

Portal Terceira Idade® é uma realização da
Associação Cultural Cidadão Brasil
em parceria com os Telecentros e a Prefeitura do Município de São Paulo
©Todos os direitos reservados - 2005/2006
Desenvolvimento, Webdesign e Sistemas: Kuantika Multimídia